Manaus – Na noite desta quarta-feira (24), cerca de 20 pessoas, envolvendo familiares e amigos do jovem Pedro Adley Ferreira Lima, 17, que foi sequestrado no último domingo (21), estão realizando manifestações na rua Magalhães Barata, no bairro Nova Vitória, zona leste.

A manifestação tem por objetivo principal a reivindicação de respostas sobre o paradeiro de Pedro, visto que o mesmo foi sequestrado por homens encapuzados e fortemente armados, em sua residência, localizada na rua Pará do bairro Distrito Industrial 2, zona Leste.

Familiares estão em buscas de notícias sobre o paradeiro de Pedro. A família informou que o adolescente é estudante e não tem envolvimento com atos ilícitos e nem tem envolvimento com brigas e ameaças que podem ter acontecido antes do sequestro. Na ocasião em que foi sequestrado, Pedro estava usando uma camisa azul escura e bermuda preta.

“Eles chegaram falando ‘perdeu, perdeu’. Não sabemos se ele estava sofrendo ameaças ou tinha se metido em alguma confusão com alguém. Nós queremos que os sequestradores não o matem, soltem ele, por favor. Meu filho merece viver”, disse a mãe de Pedro.

Em desespero, a família saiu a procura de Pedro nos hospitais da cidade e no Instituto Médico Legal (IML), mas até a noite desta quarta-feira (24) não obteve respostas sobre a localização do adolescente. Segundo familiares de Pedro, as manifestações só cessaram quando eles souberem alguma notícia, sendo boa ou ruim.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) está em diligências sobre o caso.