Absurdo: mãe espanca bebê com galho de goiabeira; Veja o vídeo

Ouça o áudio desse artigo

 112,654 Total de visualizações

Imagens mostram o momento em que uma mãe, com raiva, agride o próprio filho com um galho. O caso viralizou nas redes sociais nesse último sábado (6), com comentários condenando a ação descontrolada da mãe. Não há informações, contudo, onde ocorreu.

Através das imagens, é possível ver o momento em que a mulher muda de cômodo para continuar espancando a criança.

Veja o vídeo:

 

Nas imagens registradas por uma pessoa, mostra o momento que a criança é levada para o quarto da residência, onde continua apanhando, o bebezinho ainda tenta engatinhar, mas continua sendo agredido pela suposta mãe incompetente.

Quem já apanhou com galho de goiabeira sabe a dor que aquilo causa e as marcas, dependendo da força pode até queimar a pele de um adulto, imagina de uma criança de apenas 8 meses. Ainda não há informações sobre, quando e onde o vídeo foi gravado.

Violência física

Machucar criança ou adolescente, causando-lhes lesões, ferimentos, fraturas, mordidas, queimaduras, hemorragias, escoriações, traumatismos, lacerações, arranhões, inchaços, hematomas, mutilações, desnutrição e até a morte. Para esse crime, o Código Penal prevê detenção de dois meses a um ano ou multa. Caso o fato resulte em lesão corporal grave, a pena sobe para reclusão de um a quatro anos. Em caso de morte, a reclusão é de quatro a 12 anos.

Tortura – ato de constranger a criança com emprego de violência ou grave ameaça causando-lhe sofrimento físico ou mental. A pena varia entre dois e oito anos, aumentada de um sexto até um terço por tratar-se de criança ou adolescente, conforme previsão da Lei n. 9.455/1997.

DEIXE SEU COMENTÁRIO