ASSASSINOS – da menina Lohanny, de apenas 8 anos, podem ter executado o comparsa e colocado o bilhete escrito “Morri porque matei criança”

Ouça o áudio desse artigo

 47,192 Total de visualizações

ASSASSINOS - da menina Lohanny, de apenas 8 anos, podem ter executado o comparsa e colocado o bilhete escrito "Morri porque matei criança"

MANAUS – Depois de prender os três envolvidos no crime, equipes da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) trabalham com a suspeita de os assassinos da menina Lohanny Remígio Nascimento, de apenas 8 anos, podem ter logo em seguida, praticado um outro assassinato.

Jordan dos Santos Vaz, de 21 anos, Emerson Leão Gonçales, de 24 anos e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, de 28 anos, já estão sendo apontados como autores do assassinato de um outro homem identificado apenas como “Andrew Pipoca” em cujo corpo foi encontrado um bilhete escrito: “Morri porquê matei criança”.

Pipoca foi morto na noite de domingo (14) na Rua Júlio Saraiva, horas depois do assassinato da menina Lohanny.

Para o delegado Charles Araújo, titular da DEHS, “Pipoca”  pode ser sido morto pelo trio como forma de despistar, para tentar “tirar de tempo” a polícia.

“Este fato chama atenção da gente porque o indivíduo que foi morto morava nas proximidades do local do crime, local onde os os presos também residiam e a gente tem a suspeita que os três indivíduos de hoje possam ter alguma relação com a morte desse indivíduo de domingo. As investigações estão em curso, pode ter sido uma cortina de fumaça para tentar incriminar uma terceira pessoa sobre esse crime”, disse o delegado Charles Araújo.

A motocicleta utilizada nesse assalto e que foi apreendida pela polícia, segundo a delegada Marília Campello, era de posse de um dos parceiros dos suspeitos.

A moto havia sido apreendida pela polícia, e o dono da mesma havia registrado roubo.

“O dono da moto foi instruído a prestar queixa de roubo, mas, na realidade, havia emprestado o veículo para esse assalto”, esclareceu Marília. O homem deve responder por falsa comunicação de crime.

‘Pipoca’, foi executado na noite deste domingo (14), na rua Julio Saraiva, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Com ele, havia um bilhete escrito “Morri porque matei uma criança”.

A polícia suspeita que o homem tinha envolvimento na morte da criança de 8 anos, executada durante assalto.

Ainda conforme informações da Polícia Militar, o homem estava na rua quando foi surpreendido por criminosos e morto a tiros. Após o crime, os suspeitos fugiram sem serem identificados.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

DEIXE SEU COMENTÁRIO