Ouça o áudio desse artigo

 11,513 Total de visualizações

A cantora Ludmilla está sendo denunciada pelo deputado estadual do Rio de Janeiro Rodrigo Amorim (PSL​) por uma possível apologia às drogas. A causa seria as músicas  “Não Encosta” e “Verdinha”.

O processo corre no 8º Juizado Especial Criminal (Antiga 13ª Vara Criminal), foi visualizado por meio da página do Tribunal de Justiça do Rio e divulgado pela Folha de S. Paulo.

Para a colunista Fábia Oliveira, Amorim disse que a ideia do processo não é desmoralizar o funk,  mas ele se diz contra qualquer estilo musical “que exalte a droga, o banditismo e marginais exibindo armas”.

“Não posso compactuar com isso e achar que é normal e até bonito ver meu filho e outras crianças ouvindo esse tipo de letra, que os incentivam a usar drogas ou falam que o crime é legal”, disse.

Lado de Ludmilla

a assessoria de imprensa da cantora Ludmilla afirma que desconhece o caso. “Informamos que a cantora Ludmilla não foi intimada a prestar esclarecimentos à Justiça em relação ao referido processo que o deputado Rodrigo Amorim estaria movendo contra a mesma, portanto desconhecemos qualquer investigação em seu nome”, comentou em nota.

Que continua:  “Recentemente, a cantora teve de lidar com outro transtorno: ela voltou a ser vítima de ataques racistas nas redes sociais. Ela mesma denunciou o caso antes de deletar suas contas no Instagram e no Twitter. “Estou tirando print de tudo, porque isso é crime, e eles vão pagar, um por um”, afirmou.

UOL

DEIXE SEU COMENTÁRIO