Ouça o áudio desse artigo

 156,459 Total de visualizações

O crime, cuja motivação seria passional, segundo a Polícia, foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento.

A Polícia Militará (PMCE) prendeu, nesta quinta-feira (18), uma mulher suspeita de matar outra em uma boate em Tianguar do Ceá, no interior do Estado. O crime, cuja motivação seria passional, segundo a Polícia, foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento.

De acordo como o delegado plantonista da Delegacia Regional de Tianguá, Fábio da Silva Pessoa, a suspeita, identificada como Dayanne Rafaelle da Silva Rodrigues, 31 anos, foi a uma boate no bairro Dom Timóteo, por volta das 15 horas, em busca do marido.Lá, ela teria encontrado o esposo com mais quatro pessoas, dentre elas uma mulher, em uma mesa.

A suspeita, que estava com uma arma de fogo, desferiu tiros contra o grupo, atingindo pelo menos duas pessoas.A vítima, identificada como Djaiane Batista Barros, 26 anos, caiu no chão logo depois de ser atingida.

Outra pessoa chegou a ser baleada, mas foi socorrida para uma unidade hospitalar. A Polícia acredita que Djaiane recebeu um tiro na cabeça, mas segue à espera de laudo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Um homem de 24 anos, também atingido, foi socorrido para uma unidade hospitalar.

Mulher flagrada na mesa de um bar bebendo com o marido alheio leva vários tiros da esposa ciumenta; Veja o vídeo

A vítima Djaiane Batista Barros.

A suspeita informou aos policiais que estava com raiva do companheiro e efetuou os disparos de forma aleatória. Ela admitiu que não conhecia a mulher que foi baleada.

Motivação do crime

Em um vídeo registrado pela câmera de segurança do local, é possível ver que depois dos disparos, a suspeita caminha para fora do estabelecimento e é seguida pelo marido. Do lado de fora, o marido tenta retirar a arma da esposa em frente ao estabelecimento.

Conforme o delegado, a arma utilizada no crime foi comprada em Fortaleza, mas a ação não foi premeditada. “Segundo ela, ela agiu desconfiando que ele estaria lá e resolveu fazer na hora”, indicou.

Dayanne Rafaelle foi presa na quinta-feira (18) por policiais do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da PMCE. Ela vai responder por homicídio qualificado e lesão corporal de natureza grave. Um inquérito foi instaurado pela delegacia do município para apurar as circunstâncias do crime.

VEJA O VÍDEO:

DEIXE SEU COMENTÁRIO