Ouça o áudio desse artigo

 4,865 Total de visualizações

A vítima foi assassinada enquanto fazia uma entrega.

O policial militar Tiago de Freitas Santiago foi detido suspeito de matar a tiros o autônomo Felipe Cavalcante dos Santos, 21, que estava trabalhando como entregador por delivery.

O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (3), na avenida Solimões, no bairro Mauazinho, na Zona Leste.

Um dos tiros atingiu o rosto da vítima, de acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Segundo Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Felipe foi ferido pelos disparos no momento em que parou para realizar uma entrega.

Na madrugada de quinta-feira (04), uma guarnição da Polícia Militar (PM), por meio da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), apresentou Tiago como autor do homicídio, segundo informou a Polícia Civil (PC). O PM é lotado no Batalhão de Guardas, conforme o Ciops.

Ainda de acordo com a PC, a PM apresentou, além de Tiago, uma motocicleta vermelha de modelo CG 160, da Honda. Ela foi roubada por um homem identificado como Maurílio Freitas de Carvalho e utilizada por ele  para fugir do local do crime.

Durante buscas realizadas na localidade do assassinato, a polícia encontrou uma arma de fogo, um carregador e dez munições, de acordo com o Ciops. Depois de ser atingido pelos tiros, Felipe foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, situado na Zona Leste de Manaus, onde chegou morto.

Tiago recebeu auto de prisão em flagrante de delito, conforme a PC. A equipe de reportagem aguarda nota da Polícia Militar (PM). O corpo de Felipe foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela DEHS.

DEIXE SEU COMENTÁRIO