Prefeitura anuncia inicio da vacinação para grupo de 55 a 59 anos com doenças preexistentes e inicia cadastro de adultos entre 18 e 59 anos, com comorbidades

Ouça o áudio desse artigo

 57,595 Total de visualizações


Prefeito de Manaus fala sobre campanha de vacinação contra a Covid-19

Prefeito de Manaus fala sobre campanha de vacinação contra a Covid-19

O prefeito de Manaus, David Almeida, anunciou nesta quinta-feira (25) que vai dar início à vacinação para pessoas entre 55 e 59 anos na capital a partir da próxima semana. A imunização será aplicada ao grupo que tiver comorbidades, ou seja, doenças preexistentes, já na segunda-feira (29).

Nesta semana, Manaus ainda vacina contra Covid-19 apenas pessoas com 60 anos ou mais. Quem estiver dentro do público alvo deve buscar um dos setes postos de vacinação (veja endereços aqui).

Adultos entre 18 e 59 anos, com comorbidades, devem preencher o cadastro no site:  https://imuniza.manaus.am.gov.br/. O cadastramento vai facilitar a organização da campanha de vacinação pela prefeitura.

“Precisamos ter todas essas pessoas cadastradas, porque quando nós tivermos as vacinas necessárias, nós fazemos ali a organização e a ampliação da vacinação”, disse o prefeito.

“Porém, eu posso afirmar que temos vacina para vacinar já a partir de segunda-feira a população de 55 a 59 anos que vai se cadastrar no Imuniza Manaus e tenham comorbidades”

Trabalhador da saúde

O trabalhador da saúde de estabelecimentos públicos ou privados que ainda não foram vacinados deve acessar o formulário “Cadastro de Trabalhador da Saúde”, disponível no link http://bit.ly/cadastrovacinasaude, até o dia 10 de abril.

A campanha segue para os 10 mil trabalhadores que ainda não receberam a segunda dose. A vacinação para esse grupo continua a ser feita exclusivamente na Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no bairro Adrianópolis, conforme agendamento eletrônico feito pelo sistema Imuniza Manaus.

Nesta semana, idosos a partir de 60 anos podem receber a vacina — Foto: Divulgação

Nesta semana, idosos a partir de 60 anos podem receber a vacina — Foto: Divulgação

G1

DEIXE SEU COMENTÁRIO