Vídeo mostra bombeiro armado agredindo homem que defendeu mulher de assédio; Veja o vídeo

Ouça o áudio desse artigo

 126,537 Total de visualizações

Na tarde desta sexta-feira (18), um programador identificado como Jair Aksin Reis Canhête, de 25 anos,  viveu momentos de pânico ao ser perseguido por um bombeiro armado, após ajudar uma mulher que foi assediada na estação do Metrô da Praça do Relógio, em Taguatinga (DF).

De acordo com informações, o assediador que foi identificado como militar do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), passou a mão  pelo corpo de uma jovem, que ficou em choque com ação. Ao ver a cena, Jair pediu que ele se afastasse da vítima, mas acabou sendo ameaçado com uma pistola por ele.

O caso foi levado até agentes do metrô que pediram para o homem ir embora, já que segundo as autoridades, estava muito exaltado. O programador ficou esperando no local por mais 15 minutos e depois foi embora. No entanto, notou que o bombeiro o perseguia, entrou em uma loja e foi agredido pelo assediador. Câmera de segurança do estabelecimento registraram toda ação.

“Tentei me posicionar próximo a uma câmera de segurança para, pelo menos, ficar registrado que ele poderia me matar. Por sorte, ele puxou a arma, me agrediu, mas não apertou o gatilho”, desabafou Jair.

O caso foi registrado  na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro).

Veja o vídeo;





 

DEIXE SEU COMENTÁRIO